sexta-feira, 17 de abril de 2009

Luz e sombra

Se para Einstein a Luz era a sombra de Deus, como será a LUZ divina?

Como será a chama cuja força vive em nós ainda que não o saibamos ou não o queiramos saber ?

Acomodamo-nos no nosso pequeno casulo, queixamo-nos das infinitas sombras, que povoam a nossa vida, palpamos na escuridão e renegamos o que de mais belo existe em nós.

Fiat Lux !
Faça-se LUZ!


Namastê


Clotilde




5 comentários:

Eduardo Aleixo disse...

Somos almas
Somos Luz Divina
Somos Amor...

Às vezes esquecemo-nos!!!
Ou não lembramos!

Clotilde S. disse...

Eduardo,

Também me parece que mais das vezes não nos lembramos dos tempos em que fomos mestres.

Abraço de LUZ, meu amigo!

poetaeusou . . . disse...

*
Clotilde
,
fizeste-me lembrar
um pensamento de Einstein;
“ Há duas verdades cientificas
A Estupidez Humana e o Infinito,
embora quanto ao Infinito, tenha as minhas duvidas,
,
É ”quase” como a luz . . .
,
Conchinhas de amizade, deixo,
,
*

Meri disse...

Pois é, muitos se esquecem de Deus ou não acreditam mesmo por diversas razões, porém Ele não deixa de iluminar cada uma de suas criaturas jamais! À sombra de Suas asas somos iluminados e iluminadores. Beijo!

Clotilde S. disse...

Poeta,

Meri,

Obrigada pelas vossas palavras.

Beijinhos